A deputada federal Margarida Salomão cobra informações sobre agendas de Frederick Wassef no Palácio do Planalto

18 de junho de 2020, 13:21

Com base no artigo. 5º, XXXIII, da Constituição Federal, combinado com os artigos 10, 11 e 12 da Lei 12.527/2011 (Lei de Acesso a Informações Públicas), a deputada federal Margarida Salomão, (PT-MG) protocolou requerimento de informação junto à Secretaria Geral da Presidência da República e ao Gabinete de Segurança Institucional, nessa quinta-feira (18). A parlamentar quer saber quando o advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef, esteve nos Palácio do Planalto e da Alvorada, se ele participou de reuniões e com quem, desde 01/01/2019.

“Todos os dias, descobrimos novos atos suspeitos de Bolsonaro. As relações promíscuas dele e de seus filhos com criminosos são inquietantes indícios do envolvimento da família presidencial com a prática de crimes. Bolsonaro tem que prestar contas ao Parlamento e à sociedade sobre esses atos altamente suspeitos. Além de incompetente, omisso e antidemocrático, Bolsonaro acha que pode fazer o que bem entender porque foi eleito. A permanência dele na Presidência da República é realmente insustentável”, afirmou Margarida Salomão.

O advogado Frederick Wassef é defensor de Flávio, o filho mais velho de Jair Bolsonaro.

Escrito por:

Jornalista. Passou pelos principais veículos, tais como: O Globo; Jornal do Brasil; Veja; Isto É e o Dia. Ex-assessora-pesquisadora da Comissão Nacional da Verdade e CEV-Rio, autora de "Propaganda e cinema a serviço do golpe - 1962/1964" e "Imaculada", membro do Jornalistas pela Democracia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *